PARTICIPE!

DOE COM CARTÃO

Pay1

DEPÓSITO BANCÁRIO

Deposito

DOE COM PAYPAL

Parcela única ou mensal

PayPal

CONTRIBUIÇÃO MENSAL

Boleto Bancário

Boleto

Instituto de ex-piloto oferece oficina de literatura para famílias atendidas

Educadora Ana Maria comanda atividades que ocorrem uma vez por semana na entidade de Campinas (SP)

Como parte do projeto do Calendário de Atividades Socioculturais- Plano Anual, o Instituto Ingo Hoffmann, que auxilia crianças no tratamento com câncer, disponibiliza para os jovens e suas famílias uma oficina de literatura e contação de histórias. Nesta terça-feira (19), a educadora Ana Maria, conseguiu transmitir mais uma vez alegria e conhecimento para os atendidos pela associação.

Nessa última atividade, Ana Maria contou a história "O menino azul", de Cecília Meirelles, e depois organizou uma série de brincadeiras infantis, buscando a interação entre os familiares por meio da troca de sentimentos e emoções, que fazem com que o sofrimento e dor do cotidiano seja amenizadas.

É justamente isso o que confirma Janaína Silva, mãe de Lavínia Barbosa Silva, que explica importância das oficinas de Ana Maria para a vida da sua filha e na sua autoestima.

"A professora Ana é uma pessoa sensacional. Um ótimo coração. Quando ela vem ao Instituto, às terças-feiras, sempre alegra o meu dia, que muitas das vezes não está fácil, e, principalmente, o da minha filha. Ela fica muito feliz com as histórias contadas e as brincadeiras. Isso faz um bem enorme para nós", declarou Janaína.

"É a melhor oficina que tem. A professora Ana traz sempre muita alegria e energia. É disso justamente que mais precisamos para encarar os problemas do dia a dia. Agradeço imensamente ao Instituto por esse lindo trabalho. Com certeza, está surtindo efeito", disse Amanda Messias Câmara.

E por falar na felicidade das crianças, Vitor Hugo Furtado, de 9 anos, comenta sobre como espera a semana inteira para chegar terça-feira.

"O que eu mais gosto é quando a professora Ana traz brinquedos e faz muitas brincadeiras com a gente depois de contar uma história bem legal. Brinco bastante", exalta o garoto.

"A oficina funciona sempre da seguinte maneira: escolho uma obra da literatura infantil, de um escritor clássico ou moderno. A partir da história contada, eu sempre levo material para termos uma atividade manual e contextualizar a história que está sendo narrada", comenta a educadora Ana Maria quanto à organização das oficinas.

"O objetivo é fazer com que as crianças e sobretudo os pais despertem dentro de si a verdadeira criança interior e se conectem com minhas narrativas. Eu percebo que muitos choram durante a contação de histórias, porque se identificam com a experiência do personagem e deixam aflorar suas emoções. Se isto ocorre, sinto que o trabalho foi feito de forma plena e fico muito satisfeita", completa Ana.

Tamanha é a influencia da oficina na vida dessas famílias que a educadora conta que já houve  dois casos de crianças que estavam deixando o Instituto para voltar para suas casas, por estarem melhorando da doença, mas ficaram por mais algumas horas justamente para acompanhar a oficina de literatura de contação de histórias.

O trabalho faz parte do Calendário de Atividades Socioculturais – Plano Anual, que se dá através da Lei de Incentivo a Cultura, programa de incentivo do Ministério da Cidadania e tem como patrocinadores: Cateno, Banco Safra, DHL, Sodexo, Besins Healthcare e Alibra.

O Instituto

Instituto Ingo Hoffmann é uma entidade beneficente e sem fins lucrativos fundado em 31/08/2005 tendo como missão inicial proporcionar maior oportunidade de cura para crianças em tratamento de câncer, através de uma parceria com o Centro Infantil Boldrini no projeto denominado Casa de Apoio à Criança e à Família. Trata-se de um modelo de moradia temporária.

No total são 30 chalés, divididos em 10 vilas, construídos em um terreno com mais de 6.000 metros quadrados, localizado ao lado do edifício da Radioterapia do hospital. Além das acomodações, o local possui brinquedoteca, biblioteca, academia interna e externa, refeitório e lavanderia.

O objetivo da Casa da Criança e da Família é abrigar crianças em tratamento intensivo de câncer e seus acompanhantes, vindos de diversas regiões do Brasil e da América Latina para fazer tratamento no Centro Infantil Boldrini e não têm condições de serem mantidas por suas famílias fora de suas casas.



Publicado em: 22/11/2019 | Atualizado em: 22/11/2019


Compartilhe com os seus amigos